AUTO-HEMOTERAPIA

A CURA DE DOENÇAS COM USO DO PRÓPRIO SANGUE

O QUE É AUTO-HEMOTERAPIA?  E-MAIL 


 14022008

Auto-hemoterapia tem apoio do SINDSAÚDE mineiro

O Sindicato Único dos Trabalhadores da Saúde de Minas Gerais distribuiu hoje uma Nota em que manifesta solidariedade ao médico Luiz Moura, após tomar conhecimento do processo judicial que culminou com a cassação de seu registro médico. O documento diz que “Enquanto entidade representativa dos trabalhadores, o SIND-SAÚDE/MG, respaldado na defesa da saúde pública, de qualidade e universal, faz questão de anunciar seu repúdio às arbitrariedades que, no dia 12 de dezembro de 2007, condenaram o renomado médico e a prática da auto-hemoterapia”.

Relata a nota do Sindicato: “Acompanhamos o início do debate sobre o vídeo que tem como protagonista o Dr. Moura, bem como os desfechos e retaliações impostas pelos conselhos de medicina, pela Sociedade Brasileira de Hematologia e Hemoterapia, pela Anvisa e pela imprensa hegemônica”. Acrescenta que “Condenamos o pré-julgamento da mídia e das entidades citadas acima, que à época da veiculação de uma matéria televisiva sobre a auto-hemoterapia em famoso programa dominical, não mediram esforços para desqualificar a idoneidade do Dr. Moura e explorar de modo sensacionalista o conteúdo de seus argumentos”.

INTERESSES OBSCUROS

Informa também que “Dedicamos em nosso jornal estadual de setembro/outubro de 2007 um artigo sobre essa técnica de potencial importância para a saúde pública brasileira, com o propósito de contribuir com essa discussão e manter nosso compromisso com o Sistema Único de Saúde”. Diz ainda que “Contrários à exploração mercantil e privatista, lutamos contra a falta de vontade política e os interesses obscuros que impedem a consolidação de um modelo mais igualitário de saúde em nosso país”.

Em seguida a nota afirma que “Contudo, é lamentável constatar que o tom uníssono da falta de respaldo científico, propagandeado na matéria "jornalística" e respaldado pelas assessorias das entidades que condenam a autohemoterapia, tenha prevalecido no processo contra um profissional com 57 anos de experiência”. Opina que “Este argumento, agora institucionalizado pela decisão do processo ético-profissional nº 1737/07, deve ser combatido devido à falta de respaldo, que este sim, ironicamente representa”.

Finalizando, anuncia que “O SIND-SAÚDE/MG gostaria de estender esta nota de solidariedade a todos aqueles que contribuíram com o Dr. Moura e encabeçaram a Campanha Nacional em Defesa da Auto-Hemoterapia”, e enfatiza que “Participar dessa luta é um compromisso histórico pela defesa da saúde pública, e sendo assim, o SIND-SAÚDE/MG coloca-se à disposição”.

A nota é assinada pela Diretoria do SIND-SAÚDE/MG, entidade que tem sede na Rua Carijós, 244 - Sala 1616 - Centro - CEP: 30120-060 - Belo Horizonte/MG - Fone:(31) 3218-4300 E-mail: ssaude@sindsaudemg.org.br  e site de que tem sede na elas darie e site www.sindsaudemg.org.br .

JORNAL SINDICAL

Em setembro de 2007 o Jornal do Sindicato publicou matéria com o título de “AUTO-HEMOTERAPIA PODE SER ALTERNATIVA PARA PREVENÇÃO E CURA DE DOENÇAS”, mostrando que a técnica fortalece o sistema imunológico e a autonomia do indivíduo sobre sua própria saúde e bem-estar. Informava que “Está em circulação no Brasil, desde o início do ano, um vídeo que tem causado muita polêmica. Em formato de entrevista, o vídeo traz informações do clínico-geral, Dr. Luiz Moura, sobre um tratamento ainda conhecido por poucos: a auto-hemoterapia”.

Mais adiante explicava que “A auto-hemoterapia é um procedimento simples que consiste na retirada do sangue de uma pessoa e sua aplicação no músculo (braço ou nádega) dela mesma. O volume retirado pode variar de 5ml à 20ml, dependendo do tratamento. O sangue em contato com o músculo provoca uma reação de rejeição do mesmo, estimulando assim o Sistema Retículo Endotelial (células que ajudam na formação do sangue e nos mecanismos de defesa) que o reconhece como um corpo estranho. Dessa forma, a taxa de 5% de macrófagos (células que englobam e digerem elementos estranhos ao corpo) sobe para 22%, logo após a aplicação, o que aumenta a resistência do corpo às doenças. Esta taxa permanece por cinco dias e começa a declinar novamente após uma semana. Daí a necessidade de se manter o tratamento semanalmente, com o acompanhamento de um profissional qualificado”.

Segundo a matéria, “Dentre as enfermidades combatidas pela ação fortalecida dos macrófagos estão: as doenças infecciosas, alérgicas, auto-imunes, corpos estranhos como os cistos ovarianos, miomas e obstruções de vasos sangüíneos. A ação do tratamento consiste em eliminar ou pelo menos abrandar esses estados patológicos”.

HISTÓRICO

Relata ainda o jornal do sindicato que “A técnica da auto-hemoterapia, conhecida na França desde a década de 1910, começou a ser utilizada por Dr. Luiz Moura em meados dos anos 40. No início, o objetivo era evitar infecções no pós-operatório de pacientes, pois a técnica havia ganhado notoriedade após trabalhos do médico Jesse Teixeira, que constatou que em mais de 150 cirurgias nenhuma complicação infecciosa havia ocorrido, após a aplicação da auto-hemoterapia. Entretanto, o procedimento ainda não é reconhecido e autorizado pelos conselhos de medicina no Brasil”.

Revela que “Segundo a Associação da Indústria Farmacêutica de Pesquisa (Interfarma), o mercado de testes clínicos no Brasil movimenta US$ 8,4 bilhões. Apenas em 2006, 1738 projetos foram enviados às instâncias regulatórias nacionais. Mais de 60 mil pessoas estariam envolvidas em pesquisas em todo o país. Países onde a fiscalização é deficitária e a mão-deobra é barata tornaram-se atrativos para esse tipo de atividade. É por essas e outras que uma técnica como auto-hemoterapia contraria os interesses da indústria farmacêutica e de alguns profissionais da saúde, pois a pessoa, fazendo uso da técnica, tende a precisar menos de remédios e de assistência médico-hospitalar”.

AS VERSÕES DISTORCIDAS

Continuando, a matéria lembra que “O vídeo com o Dr. Luiz Moura recebeu destaque inclusive em famoso programa de tevê dominical. A matéria mostrou a opinião de representantes dos conselhos federais de medicina, enfermagem, secretarias de saúde e usuários da hemoterapia. Entretanto, a maioria desqualificou a técnica porque, segundo eles, a auto-hemoterapia ainda não possui respaldo científico suficiente que comprove os benefícios de sua utilização. Até hoje, porém, segundo a reportagem, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e o Conselho Federal de Medicina não registraram nenhum relato de danos provocados pelo tratamento”.

Outra informação incluída na matéria é de que “Pelo menos cinco estudos sobre a autohemoterapia foram apresentados no último Congresso Brasileiro dos Conselhos de Enfermagem realizado em Curitiba, no início de setembro. Para Telma Giovanini, professora do Curso de Enfermagem da Unipac de Juiz de Fora, e orientadora de uma série de pesquisas que utilizam a técnica da auto-hemoterapia, o simples fato de aceitarem seus trabalhos no Congresso já caracteriza um apoio do Conselho.

Por fim, sugere que o leitor “ASSISTA O VÍDEO - A versão completa da entrevista do Dr. Luiz Moura pode ser acessado no site: www.video.google.com. No espaço em branco digitar: Auto-Hemoterapia conversa. O endereço eletrônico http:// paginas.terra.com.br/saude/Autohemoterapia/ reúne uma série de informações sobre o tema bem como artigos, estudos, vídeos, pesquisas científicas e repercussões sobre a auto-hemoterapia. Se a função do vídeo era fomentar o debate e as pesquisas sobre o tema, os objetivos começam a ser alcançados”. – conclui.


Cineasta diz que DVD Auto-hemoterapia tocou a alma do povo

Proibição da pode causar mortes e precisa ser suspensa

Auto-hemoterapia no Jornal do Conselho de Medicina

Elitismo da medicina retarda aprovação do uso da técnica


 13.02.2008

Médico do HC-FMUSP defende

Associação pela auto-hemorerapia

A relação dos médicos que defendem a auto-hemorerapia ganhou mais um reforço: o Dr Wu Tou Kwang, que trabalha no HC-FMUSP. Em mensagem postada no Fórum Auto-hemoterapia (relate sua experiência), ele também sugere como mais uma alternativa para poder legalizar seu uso, formar uma associação dos usuários de Auto-hemoterapia, além de entrar na Justiça e procurar o Ministério Público.

Dr. Wu Tou Kwang afirma que “Auto-hemoterapia funciona” e diz que “Pode até pedir ao governo o fornecimento de seringas e agulhas, ou até aplicações nos Postos de Saude”, indagando: “Se o governo fornece seringas, agulhas e camisinhas para AIDS, por que não fornece para os usuários de Auto-hemoterapia?”

Outro médico paulista que recomenda o uso da auto-hemoterapia é o Dr. Gilberto Lopes da Silva Júnior, de São José do Rio Preto. Ele lembra que “o procedimento é custo zero, não apresenta contra indicações ou complicações importantes e tem se revelado valioso auxiliar terapêutico”. Segundo Dr. Gilberto, “Os resultados dessa terapia passaram a incomodar e muito os poderosos ‘picaretas’ do mercantilismo assistencial, os quais se organizaram e rapidamente proibiram a Auto-Hemoterapia”.

Além do Dr. Luiz Moura e dos Drs. Wu Tou Kwang e Gilberto Lopes da Silva Júnior, já se pronunciaram, entre outros, os Drs. Alex Botsaris(RJ); Francisco Rodrigues, Tarcísio Gurgel e Eliel Sousa(RN); Júlio Bandeira (PB); Marcus Mac-Ginity (BA); e Ronaldo João (MG).

TRANSCRIÇÃO DO DVD COM ENTREVISTA DO DR. LUIZ MOURA

 

. ASSISTA DR. LUIZ MOURA EXPLICANDO A AUTO-HEMOTERAPIA

 

. EXPLICAÇÕES SOBRE AUTO-HEMOTERAPIA

 

. ABAIXO-ASSINADO DEFENDE AUTO-HEMOTERAPIA

 

. PESQUISA DO SITE ORIENTAÇÕES MÉDICAS

 

. OUTROS LINKS

 

Participe do forum sobre auto-hemoterapia, no link http://inforum.insite.com.br/39550/ 

 

FANTÁSTICO, CONSELHOS E USUÁRIOS

. "FRAUDE" FORJADA (AUTO-HEMOTERAPIA NO FANTÁSTICO)

. O MÉDICO BAIXOU O NÍVEL (PRESIDENTE DO CFM DETRATA COLEGA)

. PARECER DO CREMERJ É CHEIO DE FALHAS (PARECER NÃO TEM ARGUMENTOS CONTRA AUTO-HEMOTERAPIA)

. AUTO-HEMOTERAPIA, UMA QUESTÃO DE PESQUISA (PARECER DO CFM É CHEIO DE DÚVIDAS)

. PESQUISA E ABAIXO-ASSINADO SOBRE AUTO-HEMOTERAPIA (SITES UTILIZAM ESTES MEIOS PARA CONSTATAÇÕES E DEFESA DA AUTO-HEMOTERAPIA)

. AUTO-HEMOTERAPIA: PROIBIÇÃO PODE SER PENA DE MORTE PARA MUITOS (ARTIGO MOSTRA CONSEQUÊNCIAS DA PROIBIÇÃO)

. CASSAÇÃO DE REGISTRO DO DR. LUIZ MOURA VIOLA DIREITOS HUMANOS

. SUPERFICIALIDADE NO PARECER DO CFM

. CASSAÇÃO DO DR. LUIZ MOURA NO OBSERVATÓRIO DA IMPRENSA

. DR. ALEX BOTSARIS QUER EQUILÍBRIO NA AVALIAÇÃO DA AUTO-HEMOTERAPIA

. CFM ADMITE TERAPIA SEM COMPROVAÇÃO

. PARECERES DO CFM CRIAM CONFUSÃO SOBRE CIÊNCIA

 

OS MÉDICOS

. Médico paulista também recomenda AHT

. Mastologista sugere estímulo à pesquisa

. Proibição à auto-hemoterapia é agressão à arte de curar

. Médico prevê sucesso da auto-hemorerapia

. Médico diz que prescrever auto-hemoterapia é ato de humanidade

. Médico mineiro diz que auto-hemoterapia seria redenção da saúde pública

. Paraibanos aprovam a auto-hemoterapia

 

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE MEDICINA COMPLEMENTAR

INFECÇÃO E SABEDORIA DOS MÉDICOS ANTIGOS

ASOCIACION MEXICANA PARA EL DIAGNOSTICO Y TRATAMIENTO DE ENFERMEDADES AUTOINMUNES

 

AUTOHEMOTRANSFUSÃO COMO PREVENÇÃO DE COMPLICAÇÕES PULMONARES PÓS-OPERATÓRIAS

Artigo publicado no "The American Journal of Surgery" (May, 1936 - pág.321), intitulado "Autohemotransfusion in Preventing Postoperative Lung Complications" e assinado por Michael W. Mettenletter (cirurgião do Pós-Graduate Hospital, de Nova York). Texto em inglês; arquivo pdf.

CLIQUE NA FOTO PARA ACESSAR O ABAIXO-ASSINADO

TOPO

MENU

INDIQUE SITES

CIDADES DO RN

FALE CONOSCO